1200
SHARE

Daniela Mercury e Tony Ramos recebem o

“Lifetime Achievement Award” em 2015

De um lado são 50 anos de irretocável carreira de teatro, cinema e televisão. Sem a menor dúvida o paulista Tony Ramos e um dos mais importantes, populares e criticamente aclamados atores da história do nosso  pais.

Do outro, são 30 anos de Axé Music. Nada mais natural do que homenagear a sua rainha, a cantora baiana Daniela Mercury, justamente por ser a estrela baiana a maior divulgadora e o maior êxito da Axé Music em escala mundial.

Juntos, Tony e Daniela se incorporam a grande galeria da fama que, há 18 anos o Brazlian International Press Awrads celebra com o “Lifetime Achievement Award”.

Eles passam a fazer parte do time de grandes celebridades brasileiras que receberam o “Lifetime Achievement Award” no palco do evento por algumas das maiores celebridades culturais e esportivas brasileiras, entre os quais os escritores Nélida Piñon, Luís Fernando Veríssimo, João Ubaldo Ribeiro,  Ana Maria Machado e Milton Hatoum., o cartunista Mauricio de Sousa, o publicitário Washington Olivetto, o artista plástico Romero Britto, os atores Bibi FerreiraRegina Duarte, Juca de Oliveira, Antônio Fagundes, Suzana Vieira, Claudia Abreu, Lima Duarte e Mílton Gonçalves, os músicos Zeca Pagodinho, Antônio Adolfo,  Ivan Lins, Alcione, Toquinho, Paralamas do Sucesso, Joyce, Roberto Menescal, Maria Creuza, Luiz Caldas, Jorge Ben JorEmílio SantiagoPery RibeiroZezé MottaMarcos Valle, Leila Pinheiro, Carlinhos Brown. Maestros Arthur Moreira Lima e João Carlos Martins, jornalistas Luciano do ValleGloria Maria, Caco Barcellos, Roberto Kovalick e Renato Machado, o produtor Tom Gomes, a filantropa Leona Forman, o empresário e criador do Brazilian Day NY, João de Mattos, os esportistas Vanderley CordeiroAcelino Popó FreitasHortência Macari e Emerson Fittipaldi.

“Furacão Baiano”

“A cor dessa cidade sou eu, o canto dessa cidade é meu”.
Esses versos, compostos por Daniela Mercury e Toti Gira, levaram a nossa cultura para o mundo.
Foi com eles que a baiana de cabelos encaracolados ganhou o Brasil com o nosso samba reggae.
Foi ela também que, com coragem, determinação e muita ousadia abriu o circuito Barra-Ondina, que hoje é o principal do carnaval baiano. E foi com essas qualidades que ela voltou, este ano, ao primeiro circuito da maior festa popular do planeta para comemorar os 30 anos do AXÉ, gênero que ganhou nosso país.

A explosão do furacão, como também é conhecida, foi em 1993 e desde então, Daniela é considerada a Rainha do Axé. O título de nobreza não foi conquistado apenas pelo pioneirismo. Foi conquistado também pela garra, pela voz forte, que em muitas vezes é confundida com a voz dos negros, pela raça, pela energia e pela militância social.

Embaixadora do UNICEF há 20 anos, Daniela luta em todo o mundo pelo bem estar das crianças e é reconhecida pelo importante trabalho que faz, tendo sido, inclusive, convidada, em 2014, para cantar na Assembléia da ONU no evento que pediu paz no planeta: o IMAGINE, que teve a participação de artistas como Angelique Kidjo e a viúva de John Lennon, Yoko Ono.

Formada pela Royal Academy of Ballet de Londres, Daniela é também bailarina, compositora, diretora de arte, produtora, apresentadora e atriz. No currículo, traz os prêmios mais prestigiosos do Brasil e do mundo como o Grammy Latino, 6 prêmios TIM de Música, 3 prêmios Multishow, 2 prêmios VMB de melhor videoclipe e fotografia, além de centenas de outros prêmios ao longo de mais de 30 anos de carreira.

Daniela Mercury também cantou ao lado de Paul McCartney no Prêmio Nobel da Paz, em Oslo, na Noruega. Foi a única brasileira a participar da gravação do DVD que comemorou o aniversário do Cirque Du Soleil e também do Festival de Montreal.
Comemorando em 2015 os 20 anos de carreira internacional, Daniela é até hoje a artista que mais vendeu discos na história de Portugal, da Argentina e do Uruguai. É também a artista brasileira mais conhecida no exterior depois de Tom Jobim e Carmem Miranda.

Daniela foi capa dos jornais e revistas mais importantes do mundo. Foi a única mulher brasileira convidada para fazer parte do programa Women Leaders da rede de tv norte-americana CNN, que a chamou de “Madonna Brasileira”, em referência à também Rainha, só que do POP.

A nossa Rainha recebeu críticas internacionais que asseguraram de vez o título e o reconhecimento dela como artista de legado mundial. O New York Times disse: “Daniela Mercury ultrapassa os conceitos que foram exaltados durante sua carreira (…), com um pop contemporâneo, abraçando a pluralidade étnica e cultural do Brasil (particularmente a cultura afro-brasileira, embora Daniela Mercury seja branca), lembrando o passado e transformando-o.”

Já o Los Angeles Times publicou: “Ela é a combinação da sensualidade provocativa de Madonna, das pernas e energia de Tina Turner e da elegância de Catherine Zeta-Jones”. E é com essa elegância que Daniela circula pelos mais variados cenários da cultura pop mundial, tendo vendido mais de 20 milhões de discos no mundo.

Daniela Mercuri de Almeida Verçosa tem 49 anos, 5 filhos e é casada no civil com Malu Verçosa de Sá Mercuri.
Juntas, fizeram outra revolução no Brasil: dessa vez, contra o preconceito, pelo respeito às diferenças, pelos direitos humanos e por respeito às mulheres e contra o machismo, a maior doença social do nosso país.

Três dos filhos de Daniela foram adotados, junto com Malu, há 3 anos. O casal e as três crianças (Ana Isabel com 5 anos, Ana Alice com 13 anos e Márcia com 17 anos) vivem em Salvador.
A filha mais velha, Giovana (28 anos), mora em Curitiba com o marido. E o filho mais velho, Gabriel (29 anos), pai da única neta de Daniela, Clarice, que tem 6 anos de idade, seguiu os passos da mãe: é multi-instrumentista e cantor.

Tradição que nasceu no Sul da Flórida em 1997 e hoje se espalha pelo mundo em edições na Europa e Ásia, o Brazilian International Press Awards é considerado a mais relevante premiação cultural brasileira no exterior.  O evento em sua versão nos Estados Unidos, é apresentado pela LATAM Airlines, com patrocínio da TV Globo Internacional e Banco do Brasil, apoio do Consulado Geral do Brasil em Miami e Broward Center for the Performing Arts. Tem parcerias com a American Organization of Teachers of Portuguese e com a  ABI Inter (Brazilian International Press Association).

SHARE
Previous articleVideo Fest em destaque
Next article